Home > Centro de Conhecimento > CAPITAL PROCESSOS E BOA GOVERNAÇÃO

29-05-2017

CAPITAL PROCESSOS E BOA GOVERNAÇÃO

Gestão de recursos


Os municípios devem saber gerir os seus ativos, de maneira a poderem realizar a sua missão de forma eficaz e em nome dos cidadãos. Para isso, são necessários modelos de organização que incorporem novas tecnologias de comunicação e de informação...


Boa governação exige uma gestão eficaz de ativos.O grau de sucesso do governo de uma câmara municipal reside, essencialmente, nos índices de competência revelados na gestão interna de três ativos: pessoas, ativos imobiliários e processos. Os responsáveis políticos das autarquias devem ter como preocupação operar da forma mais eficaz possível, através de práticas modernas de gestão e de promoção de uma cultura de excelência nas diversas áreas de atividade. Estes objetivos são alcançáveis através do desenvolvimento e da adaptação de novos modelos organizacionais e da incorporação de novas tecnologias de informação e comunicação.

A gestão da mudança pode parecer um processo complexo de concretizar, mas se os municípios reforçarem as suas capacidades para estarem em sintonia com o ambiente social envolvente, conseguem responder aos desafios colocados pelos diversos atores que com eles interagem: cidadãos, empresas, organizações, etc.

Em Inglaterra, o município de Hull City trabalhou em nome da transparência de governação e de uma cidadania ativa, quando lançou no seu portal autárquico um serviço interativo virado para os cidadãos: Neste sítio, é possível encontrar desde campanhas de promoção da saúde pública, como o "Are you food smart?"ou o "Exercice? made easy"; de cariz ambiental, como o"It's crime not care"; ou de apelos à participação eleitoral, no caso do "Don't lose your right to have your say".

Em Inglaterra, o município de Hull City atingiu um patamar elevado de governação transparente, tendo disponíveis no website autárquico um conjunto de aplicações direcionadas para a interação com os cidadãos.

É para ajudar os Governos Locais a responder de forma eficaz a estes desafios que a PARADIGMSHIFT tem disponíveis no mercado as mais modernas soluções tecnológicas que permitem aos decisores políticos promoverem uma cidadania mais ativa. Seja de forma lúdica, seja através da criação de um "Cartão do Cidadão" ou de websites com soluções para aplicações móveis que permitem a interação com o munícipe, onde quer que se encontre e a qualquer momento.

gestão de pessoasAs condutas inadequadas de gestão de pessoas podem levar os Governos Locais a desvalorizar o papel do seu melhor ativo, as pessoas, e a descurarem aspetos como a transparência, que é um dos elementos decisivos da governação municipal. Em Portugal, o cenário está a melhorar, como demonstra o "Índice de Transparência Municipal", elaborado pela Transparência e Integridade, Associação Cívica, representante portuguesa da ONG anticorrupção Transparency International .

O município de Alfândega da Fé foi o vencedor desta avaliação, pela quantidade e quantidade de informação disponibilizada no seu portal. Na área reservada aos munícipes, por exemplo, é possível "aceder a um conjunto de operações tais como a consulta de informação relativa a processos pessoais ou submeter formulários aos serviços por via eletrónica". É ainda possível "entrar" no Balcão Virtual e enviar sugestões, apresentar reclamações, tirar dúvidas ou consultar informação relativa à Contratação Pública.

O passo seguinte é disponibilizar todos estes serviços, funcionalidades e informações ao munícipe por via do seu telemóvel e, neste domínio, encontra-se disponível no mercado a gama de soluções da PARADIGMSHIFT.

A Câmara de Alfândega da Fé lidera o "ranking" do "Índice de Transparência Municipal", resultado da quantidade e da qualidade da informação que disponibiliza aos munícipes.

Quando falamos de gestão de ativos, é importante referir também a gestão de processos e de projetos. Em Inglaterra, o Conselho de Islington investiu em programas de gestão daqueles dois aspetos da governação e o resultado foi uma melhoria significativa do desempenho global da administração. Hoje em dia, os cidadãos podem aceder a serviços como impostos municipais , apoio ao arrendamento social ou questões relativas ao planeamento urbano . Há, ainda, uma newsletter dedicada aos serviços prestados aos cidadãos, uma espécie de relatório periódico de atividades...

Em Nova Iorque, a preocupação dos governantes em medir o desempenho dos seus colaboradores centrou-se na atuação da polícia e na luta contra o crime. Para esse efeito, foi criado o programa COMSTAT, em cujo portal é possível aceder a estatísticas em tempo real acerca dos níveis de criminalidade da cidade. O sistema regista todos os casos de crime, de nível insignificante a grave, assinala-os no terreno através de "hotspots" e todas as semanas os chefes de polícia das áreas envolvidas reúnem-se para analisar os dados. Aplicado em 1994, o programa COMSTAT ajudou a reduzir a criminalidade em Nova Iorque em 75 por cento, até 2015! As cidades de Filadélfia e de Los Angeles já seguiram o exemplo...

Se em Nova Iorque, a transparência na governação melhorou os índices de segurança na cidade, em Amesterdão a opção recaiu na criação de uma marca própria, de uma identidade forte para o exterior.

Por fim, abordemos a questão da reputação. Podendo ser vista como uma parcela à parte do processo de boa gestão de pessoas, ativos imobiliários e processos, a reputação de um município é fundamental, pois resulta do desempenho real do município e da perceção externa que dele existe. Daí que cidades como Amesterdão tenham apostado forte na criação de uma marca, de uma identidade para o exterior. Trata-se da campanha "I amsterdam", estratégia de marca que colocou as pessoas no seu centro e enfatizou as atrações de Amesterdão como um lugar para viver, trabalhar, investir e visitar. A cidade quis mostrar-se como um centro orientado para a tecnologia de ponta e para a pesquisa, recorrendo aos cidadãos para personalizarem a promoção da cidade e ligarem os visitantes à experiência de serem "amsterdameses". A marca oferece suporte a uma campanha global e é agora usada em todas as atividades promocionais da cidade e com uma série de parceiros de negócios, organizações culturais e outros que procuram promover a cidade.

Partilha

Contacte-nos 218 214 932

Envie-nos uma mensagem