Home > Centro de Conhecimento > MAIS DIGITAL É SINÓNIMO DE MAIS EMPREGO

20-02-2017

MAIS DIGITAL É SINÓNIMO DE MAIS EMPREGO

Marketing Digital e Emprego


A utilização de ferramentas de marketing digital para a promoção e o desenvolvimento das economias locais é fundamental para a criação de maior dinamismo gerador de emprego. Saber como as aplicar não é segredo, basta saber olhar a realidade...


O Papa Francisco visita Portugal durante o próximo mês de maio e o mundo da hotelaria está em sobressalto com os muitos milhares de peregrinos que são esperados. Restaurantes, hotéis, hospedarias, lojas locais de artesanato, empresas de aluguer de automóveis... enfim, o interesse sobe de tal ordem de tom que as reservas de alojamento estendem-se de Lisboa a Aveiro. Este acontecimento em si mesmo encerra já tanta força e potencial que arriscaríamos dizer que dispensaria qualquer esforço adicional de promoção, designadamente, de marketing digital, mas não é assim.

Embora haja poucos dados publicados acerca das mais-valias que os jogos podem aportar ao desempenho dos colaboradores Numa visita à página da Câmara Municipal de Ourém, que é o município que "acolhe"; o Santuário de Fátima, percebe-se que a autarquia está preparada para dar resposta ao que se prevê venha a ser um volume extraordinário de pesquisas e de acessos. Alojada na página Descubra Ourem , há uma aplicação que permite ao visitante saber tudo o que há para saber acerca da região, desde os pontos de interesse através de um mapa interativo, onde comer, onde dormir, a história do município, o que há para descobrir em termos patrimoniais, a oferta cultural, as ofertas de lazer e demais informações úteis, que orientam o visitante.

Este é um caso claro que um município que chamou a si a responsabilidade de reunir numa aplicação o que de melhor o concelho tem para oferecer, ou seja, a Câmara de Ourém assumiu o papel de promotor da oferta local, sistematizando a informação e criando mecanismos de promoção dos vários serviços existentes, nomeadamente através da georreferenciação do concelho. Deste modo, as empresas que se associaram a esta plataforma podem adquirir maior visibilidade, aumentar os respetivos volumes de negócio e espreitar a possibilidade de estabelecer parcerias - ou seja, através do co-branding. E como existe uma forte componente religiosa em tudo o que diga respeito a Ourém, as potencialidades de crescimento são imensas...

Ora, esta é uma oportunidade de ouro também para o desenvolvimento da economia regional para todos os municípios limítrofes de Norte a Sul e de Oeste a Este, especialmente se forem aproveitadas as possibilidades abertas pelas ferramentas de Marketing Digital, alicerçadas em estratégias de cooperação com parceiros económicos locais, conseguindo criar pacotes conjuntos de ofertas e de benefícios cruzados, de modo a incentivar o co-branding existente e comunicar essa mesma oferta consertada junto dos potenciais alvos de destinatários.

A visita do Papa Francisco a Portugal pode ser um momento de ouro para a economia regional de Ourém, cuja autarquia tem ativa uma ferramenta que agrega as principais ofertas hoteleiras locais.ram-se mais aptos ao desempenho da sua função, pois desenvolvem um sentido de cooperação no trabalho mais apurado.

Como que elevado à categoria de grande maravilha do turismo europeu, a cidade do Porto está na linha da frente da aplicação das mais recentes novidades digitais, que funcionam como porta de entrada para os diversos "packs"turísticos. É o caso do "Porto Card" que, com um simples toque em qualquer dispositivo móvel (smartphone, tablet) permite aceder aos principais conteúdos e serviços da cidade. Como moeda de troca pela visita, o portal oferece: entrada gratuita em 11 museus, 50 por cento de desconto em oito museus (incluindo Serralves, na visita guiada à Casa da Música e no Palácio da Bolsa), 50 por cento de desconto em dois parques zoológicos, até 25 por cento de desconto em mais de 50 circuitos turísticos no Porto e Norte de Portugal e benefícios em mais de 100 locais de interesse, desde cruzeiros no Douro, caves de vinho do Porto e quintas no Douro, restaurantes, lojas, centros temáticos, espetáculos e espaços de diversão noturna. Uma forma simples de dinamizar a economia local, mostrando ao mesmo tempo o que de melhor a cidade e a região têm para oferecer...

O Porto disponibiliza uma aplicação através da qual os visitantes sabem praticamente tudo sobre a cidade, oferendo em troca uma série de benefícios, como seja, entradas gratuitas em espetáculos ou descontos em vários espaços culturais.

Mas o que é uma cidade, uma região e até mesmo um país, sem pessoas... É fundamental não apenas saber atrair novos empreendedores (nacionais e estrangeiros), como também fixar a população local e seduzir novos munícipes, oriundos de outros concelhos, promovendo assim a competitividade do território. Em Lisboa, está criado um espaço virtual de acolhimento e de incentivo a todos aqueles que queiram criar ou desenvolver os seus próprios negócios, podendo beneficiar de espaços de incubação de empresas, laboratório de prototipagem, programas de ajuda ao micro empreendedorismo, ensino de código (programação) e empreendedorismo nas escolas, apoio aos investidores e empresas que se querem instalar na cidade, atração de empreendedores e talentos estrangeiros.

StartupNascida da iniciativa da Câmara de Lisboa, e com o apoio do IAPMEI - Agência Portuguesa para a Competitividade e Inovação, a Startup Lisboa anuncia com orgulho que não investe em startups, antes as coloca em contato com investidores, mentores, parceiros estratégicos e potenciais clientes - entre outras facilidades, os promotores do projeto oferecem a possibilidade de arrendar vários espaços para reuniões, conferências e diversos tipos de eventos de networking. Desde que formalmente abriu as portas, em Fevereiro de 2012, a Startup Lisboa já apoiou mais de 200 startups e acolhe atualmente cerca de 80 projetos, metade dos quais em ambiente virtual de incubação.

Fruto do bom ambiente existente e dos resultados encorajadores entretanto obtidos, a Startup Lisboa e a Seedrs estabeleceram um acordo de cooperação com o objetivo de fortalecer e suportar "o ecossistema empreendedor português, principalmente de investimento em alternativas" a nível europeu. Ora, como a ideia é estender este apoio ao "ecossistema empreendedor português", foram igualmente protocolados acordos com a Startup Braga, o UPTEC - Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto e o Instituto Pedro Nunes.

Os centros de startups de Lisboa, Braga e Porto oferecem aos potenciais investidores várias facilidades com vista a dinamizar o ?ecossistema empreendedor português?. Na capital, desde 2012, foram apoiadas 200 startups, muitas das quais em ambiente virtual de incubação. Eis uma fórmula de gerar emprego através do digital...

A aplicação de ferramentas de marketing digital ao serviço das estratégias dos municípios com vista à captação de investimentos, fixação de populações, geração de mais e novos fluxos económicos e de aumento das dinâmicas regionais é o caminho mais seguro para o sucesso. Numa altura em que os municípios portugueses se preparam para mais uma batalha eleitoral, saber tirar proveito dessas mesmas ferramentas é ter o ás de trunfo bem seguro na mão...

Existe ao dispor dos autarcas no mercado uma oferta diversificada de soluções tecnológicas. Porém, estas nem sempre estão alinhadas com a especificidade das suas necessidades e objetivos, nem com os níveis de respostas de serviços e de competências em marketing digital exigidas de forma a suprir as suas próprias insuficiências. Mais: o próprio modelo de remuneração e o preço propostos estão desadequados aos tempos modernos. Estes estão alicerçados no princípio do "success fee" , em substituição do velho paradigma de licenças e utilizadores.

Partilha

Contacte-nos 218 214 932

Envie-nos uma mensagem